Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.pm.go.gov.br:8080/pmgo//handle/123456789/1686
Título: APM em Revista
Título(s) alternativo(s): Aspirantes 87
Aspiração do Cadete: Devolver o Espadim Tiradentes e Perfilar a Espada
Turma Ten Cel Antônio Bonfim Rodrigues dos Santos
Autor(es): PMGO, Polícia Militar do Estado de Goiás
Palavras-chave: PMGO e a Constituinte
O exame psicológico na PMGO
Aprendizagem
A M E - Aliança dos Militares Evangélicos
Violência e Técnica Policial Militar
Participação da APM na Copa Bamerindus
Distinção entre Governo Parlamentar e Governo Presidencial
Aqui começa a Polícia Militar
Na entrelinhas
Calouros 88
Data do documento: 1987
Editor: Polícia Militar do Estado de Goiás
Resumo: Editorial: "Em março de 1985, voluntariamente nos apresentamos nesta unidade-escola, com o objetivo de usufruir dos benefícios do ensino policial-militar, para sagrarmos oficiais desta corporação. Viemos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas e das mais variadas cidades do Estado de Goiás. De sobre-aviso estávamos quanto às dificuldades do cadete, mas somente no dia a dia é que pudemos ver o que teríamos de enfrentar ao longo das instruções. Até aqui já temos motivo suficiente para louvar tal turma, que se motivou pelas dificuldades impostas, não se intimidando, mas superando com garbo e ansiosos para que os resultados estivessem á altura daqueles que,escolhidos com a rigidez sem par, estavam a nos comandar, orientar e dar exemplos. A elite que nos conduziu nesta jornada de anos, usou de todos os meios edificantes e cuidados para lapidarem o mancebo cadete e transformá-lo num policial militar exemplar. Os muitos momentos envoltos em diálogos, palestras, livros e estudos, não nos tiraram a visão prática e realista das necessidades da comunidade, porque paralelamente estávamos engodados por um trabalho exaustivo, que é o experimento de todas atividades do policial militar. O tempo para quem se envolveu e não deixou-se arrastar, indubitavelmente passou muito depressa, os dias foram poucos, as noites foram curtas, porque o árduo do ideal em sair oficial PM não é o curso de formação em sí, mas sim fazê-lo com interesse, com honestidade, com voluntariedade, com espírito servil e capacidade, absorvendo toda sorte de bons exemplos, e aprendendo a não fazer os que são considerados maus. Da família, dos amigos e parentes somos cônscios devedores, mas ao vê-los participarem em uma comunidade, sentimo-nos escusados pelo tempo não gasto, para com eles, pelo tempo distanciado, pois visamos o melhor para essa comunidade da qual fazem parte. Finda jornada, um orgulho incontrolável nos envolve, somos passado, somos história de um livro que começa a virar seus primeiros capítulos, de uma série que somente o grandioso Deus sabe até onde vai - ORGULHO da casa, "Aqui aprendemos a vencer e a perder. A desistir, nunca". Orgulho do Ensino, "Não cora o livro de ombrear C' sabre, nem cora o sabre de chamá-lo irmão." Orgulho dos exemplos, "Os grandes homens seguem os caminhos traçados pelos grandes personagens e procuram igualar-se aos que foram excelentes". Na Polícia Militar do Estado de Goiás, nós temos grandes exemplos a serem seguidos. Na turma de Aspirantes/87 nós temos um futuro, e a união do sucesso de cada um vai ser a glória da Polícia Militar a segurança da comunidade." (ASP OF PM Risoleto)
URI: http://dspace.pm.go.gov.br:8080/pmgo//handle/123456789/1686
Aparece nas coleções:Revistas de Aspirantes

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Revista 1987 .pdf5,36 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.