Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.pm.go.gov.br:8080/pmgo//handle/123456789/746
Título: O PAPEL DAS PROVAS NO PROCESSO PENAL E A INFLUÊNCIA DA ATUAÇÃO DO POLICIAL MILITAR
Título(s) alternativo(s): PÓS GRADUAÇÃO POLICIA E SEGURANÇA PUBLICA 2018
Autor(es): JUNIOR, JUSCELINO
Palavras-chave: Provas. Processo Penal
Data do documento: 8-Mai-2018
Resumo: O objetivo do presente trabalho é apresentar o sistema de provas adotado pela legislação penal brasileira, principalmente no que diz respeito ao Código de Processo Penal, a fim de apontar como a atuação do policial militar pode influenciar no resultado do processo criminal. Para tanto, exporemos um breve histórico da construção de sistema de provas em escola global, posteriormente afunilando para o caso brasileiro, a fim de demonstrar como foi a evolução desse sistema e quais as influências podemos identificar atualmente. Através de revisão bibliográfica, conceituaremos a prova, apontando algumas classificações doutrinárias e a base principiológica que inspirou a construção das leis criminais. Aprofundaremos o estudo nas previsões do Código de Processo Penal, destrinchando quais os tipos de provas são admitidas na legislação penal brasileira e entenderemos que o rol apresentado pelo CPP não é taxativo, sendo admitidas quaisquer provas que não produzidas por meios ilícitos. Nesse contexto, exporemos a teoria dos frutos da árvore envenenada, aplicando-a em exemplos práticos, para demonstrar a necessidade de o policial militar conhecer profundamente o sistema de provas, a fim de que sua conduta não contribua de forma involuntária para o aumento da impunidade.
URI: http://dspace.pm.go.gov.br:8080/pmgo//handle/123456789/746
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1911_Juscelino_De_Souza_Caldas_Junior_TCC-JUSCELINO_DE_SOUZA_13447_574381666.pdf279,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.